14 abril 2010

Dia do Beijo



"DIA DO BEIJO"... assim me disseram. 


Que todos tenham recebido um - ao menos um selinho, né?
Eu, particularmente, adoooro ficar horas beijando - não só a boca... mas também não preciso entrar (sacam?) em detalhes - QUE AS FANTASIAS VOEM.

Papo sério.

Hoje soube de uma história que tem a ver com um post antigo deste blog. Dois velhinhos, vivendo juntos há seis meses, ambos viúvos e com filhos, com suas vidas mais ou menos organizadas, dividiam a vida, cuidavam-se e pensavam em casar. Ele (infelizmente?) desencarnou hoje. 

** Lidar com este portal é difícil**

Respira e volta: o que me emocionou foi quando ela disse, aos prantos, que tinham se amado quando meninos e que ela nunca o esquecera, mas só agora puderam ficar juntos. "Tão pouco tempo... fui feliz". 

Lembrei de Mensagem por Maria Bethania ou Fernando Pessoa. Eles tiveram a nobreza de não virar a cara, de não matar o que nasce puro e lindo e de não morrer em vida.

Obrigado aos meus guias de Luz e Orixás. Agradeço pela resposta.

Como diz um amigo: "a vida é isso aí... entretanto, às vezes, encontramos um bom vinho para tomar".

Nenhum comentário: