23 maio 2012

Onde você estiver

Ele pediu para eu não derreter
para eu não escorrer ralo a dentro

Ele pediu... Pediu ao meu amor
Não sei como ele faz, mas se renova

Ele pediu que eu derramasse
Mas não podia arriscar nem uma gota

Ele pediu... Pediu com seu sacro piar
Não sei por onde invade, mas me refaz

Ele não viu eu me espalhar
Mas, de certo, sentiu a minh'alma inflamar

Ele pediu... Pediu o que desejava
Entreguei-lhe tudo sem qualquer amarra.

Ele pede
Eu cedo.
Eu cedo
Pego suas asas 
e me faço como quero!

14 maio 2012

Amigos, admiradores e curiosos que viram a postagem de uma imagem cheia de corações, não se assustem... Estou tentando integrar Blog + Iphone + Instagram. Parece que funcionou. Agradeço a compreensão dos que também receberam por e-mail.  Tecnologia, conectando mídias ou nos acorrentando? Fica a questão!

07 maio 2012

fórceps

Se foste aniquilada pela minha ira
 
Se foste acalmado pelo meu carinho
 
Se foste o que me prometera
 
uma vez...
 
Uma vez - por fórceps...
 
Uma única rajada de sol
 
ou um copo com resto de uísque...
 
Seriam o menor juízo!
 
Como seria fácil esquecer.
 
Bastaria um punhal, um peito
 
e um louco. 

04 maio 2012

mail

E-mail não tem verso

é uma carta de frente
 
é uma carta de amor sem fundo
 
vez que amor exige poesia, versos

e verso!