12 abril 2010

Pro nosso Anjo da Guarda

É o fogo que purifica
A oração que o alimenta
O desejo que se faz promessa
Que fique disperso mas ao mal não se atenha

Foi a vela acendida
na fenda aberta
Fechada com a cera
Que outrora moldou amores

Selou.
Caminhei.
Passos curtos e cuidadosos.
Agigantou-se a desilusão, então
Que o teu Deus te guarde.

Só o fogo da vela da seta da espada...














“Corre, menino, a vida te espera
Que o milagre Deus opera
Há de te proteger

E pra te ajudar, mainha, ora
E pede a Deus que não demore a chegar

Acende uma vela no cantinho
Pede ao santo com carinho
Pra te abençoar

E o fogo que leva fumaça ao céu
Mensagem que diz assim:
Pedi pra te proteger
Você longe de mim

Seu desejo virou real
Fiz bonito no carnaval

Mãe mandou ver
Mãe mandou, mandou oiar
Mãe mandou, mandou benzer
Mãe mandou, mandou cuidar”
Tatau

Nenhum comentário: