15 agosto 2008

Buscadores

não posso colher teu beijo
nem sentir a brisa dos seus braços
quiça a loucura de tuas mechas louras
no sonho que alimento enquanto corro

quero vestir-me com teu cheiro
e provar da doçura que te adormece
ler apenas o que dizem seus dedos
no distraído dedidlhar do instrumento que me faço

não posso ter teus beijos
mas cantarei com dó maior
as fantasias que fiz, faço e sublimarei
enquanto não ouvir o som dos teus passos voltando

Para que encontros desalmados......