08 janeiro 2015

Contagem

São pelos meus vinte segundos desfazendo o sorriso
ou pelos mais de vinte anos de sonhos cansado de trocar as personagens
São pelos vinte séculos de labilidade emocional
ou pelos vinte minutos para organizar minhas coisas e sair
São vinte desejos disfarçados de beijos
E o mesmo tanto de maldade travestida de travessuras.
São apenas vinte de você para um milhão de eus 
São vinte oceanos de amor
E apenas vinte escaninhos para tudo acomodar
Foram vinte noites de amor, amor, sexo e mais amor
E foram apenas vinte palavras desencontradas
Um frase dita em vinte segundos: sem sujeito real ou objeto genuíno
São vinte desejos disfarçados de beijos
E o mesmo tanto de maldade travestida de travessuras.
Foram vinte e tantos mais beijos
Até que vinte eles eram verdadeiros para mim e para você?
São as vinte qualidades e defeitos que esperei
Foram os vinte minutos mais longos, pois estava no meio do nada. 
São vinte desejos disfarçados de beijos
E o mesmo tanto de maldade travestida de travessuras.
Mas não lamento não ter vinte e poucos sonhos.