17 setembro 2014

Requentado

Por que tanta provocação
Se estamos agrilhoados ?
É para deixar meu corpo marcado pelas correntes
E o seu cada vez mais lânguido?

Se já tens alguém que não sei  como denominar...
Não serei o prato requentado da saudade

Escolhemos estar separados
Descer as alianças ralo abaixo 
Por que brincar de luxúria 
Se desejo vibra diferente de mente?

Não precisa sair correndo
Não existe vergonha entre nós
Só não existirá sexo
Porque amor fomos nos que escolhemos

Só para te lembrar, amor
Isso não tem nada com a orientação do Sol.

Nenhum comentário: