14 maio 2010

F.A.L.T.A.

Falta-me letra
braço e caneta.
Falta-me um amor
uma cama e um café-da-manhã
Falta-me um sonho
sobra uma analista
uma raiva
um desejo
uma necessidade
Vejo a minha gruta
meu crucifixo
meus cristais
Vejo os espíritos 
os Orixás
Sanit Germain
Mas ainda falta; e
De acordo com os psis nunca deixará de faltar.
O que vejo falta
ou falta o que vejo
ou não sinto porquê não vejo nem falta?
Um pouco de falta
com um pouco de Luz
Um copo d'água
com uma gota, ínfima, de cicuta.

Nenhum comentário: