01 abril 2011

v.a.r.a.l. d.e. c.e.n.a.s.

Nas vésperas do verão 
na cadeira ainda repousava seu calção 
na janela meu olhar perdido 
vendo a estrada e suas entranhas... 
Recolho roupas e compromissos do varal 
certo que não foi encenação.

Nenhum comentário: