18 abril 2011

f.o.g.u.e.i.r.a.

Vamos devagar 
não abortemos a brasa 
com o sopro incauto da pressa 
ou a frieza do sereno 
que o fogo pode apagar.

Nenhum comentário: