29 julho 2014

Acordar

What a surprise!
What a cliche
Meu corpo ardendo
O medo chegando
Sua mão no meu peito
Meu desejo em sua boca

It’s cool
It’s very nice
A hora quase chegando
E a permanência deu lugar ao sol
Minhas roupas ainda abertas
Suas mãos percorrendo o que me cega

It got out of control
It’s turning into our lives
À semelhança da luzes de natal
Fomos chegando das estrelas
Seu batom que ficou comigo
E meu cheiro que guardaste na bolsa

We’re a self made lovers
Increasing pain ‘d kindness at once
Na sabedoria da meia gota
Cortada pelo fio da sombra
Você não fecha o botão da calça
E eu me despeço do que um dia foi sonho.


(09/02/06 – Deco Plácido)

Nenhum comentário: