06 julho 2011

q.u.e.m. s.e. p.e.r.d.e.?

Quem se perde de mim,
Quem toma meu assento,

Quem se beneficia dos meus aposentos,
Quem põe minha cara ao relento?

Quem me lambe a nuca,
Quem me rouba a alma e me chama louca,

Quem troca o meu nome pelo da outra,
Quem se perde de mim?

Quem se perde de mim,
Quem me amordaça,

Quem me tira a alegria e me chama palhaça,
Quem me despedaça?

Quem é a mina em campo aberto,
Quem não me quer tão perto,

Quem é ele que, sem  mirar, eu acerto,
Quem se perde de mim?

Quem se perde de mim,
Não pede, não sonha,

Não transa, não morre,
Quem não vive mais em mim?

Nenhum comentário: