10 junho 2010

L.i.v.r.o.s.

eu queria que minha vida fosse uma música
ou um filme.
teve um tempo no qual achava que era o ator
depois o diretor
levou tempo de um para o outro
amores
lágrimas
dinheiro.
nada de edição, mixagem, masterização ou cortes
Hoje me assalta o desejo de ser a obra pronta
a arte
o elenco
os acordes.

vaidade de artista
tédio de um mortal
falta de alma.

Nenhum comentário: