03 junho 2010

E.i.d.é.t.i.c.o.

É essência
mas é etéreo...
bomba nuclear
telefone tocando de madrugada.

É a preocupação
a cegueira primitiva do sentir...
fumaça
mas também é ópio.

O vinho pela metade
Syrah ainda perfuma a boca
o delírio da presença
a realidade trava a língua.

É essência
é paixão e febre
quebra-cabeças chinês
é metade de mim e quase tudo de você.

É o sexo vestido de alma!
é essência.

"Quis te trazer um poema
Só pra me revelar
Os versos que fiz deu pena
São poucos pra te contar
Mas como eu te amei, morena
Ninguém mais vai te amar"

Nenhum comentário: