11 janeiro 2014

Folha de manjericão

Três goles de alegria
Um prato inteiro de tranquilidade 
Duas garfadas em cena e poesia 
Um não sei quê de futilidade
Pois comida de sonho não é avareza
Volto aos meus quatro goles de sabedoria
De um delicioso chá de estrelas!


Nenhum comentário: