21 março 2011

...

Devagar
EsquEço e
Paro num
Riso
Insustentável e
Mendicante.
Imponderável
Dor, sem 
OnomatOpéias!

Nenhum comentário: