07 novembro 2010

s.o.r.t.e.

um pedaço de mim
um presente para o mundo
uma pergunta para ti
tudo isso em poucos minutos

um pouco de choro
todo seu encanto de alegria
uma espada sendo forjada
por vários artífices... 
que dele aprenderam o dom -
num ciclo infindo de pulsões
de vida e de morte

um pedaço de mim
que fechou um inverno
que chegou num botão de lírio
com o sol presente em parte de tudo

a flor que chegou
mais que depressa laçou-me
um pai de um filho de um pai
que dele é mais que tutor...
tão ingênuo quanto o verde aprendiz
sou feliz por poder contemplar,
de tão perto, a vida recriando-se.

Nenhum comentário: