29 abril 2009

c.l.o.w.n.

Um palhaço triste
- paradoxo da minha infância.
Que só quis fazer rir
mas como é gente
entristece, sonha, frusta, mente...
Desabrocha da semente do inusitado
a surpreza do riso, do grifo, do dito... é um mito!
Ainda acredito em palhaços
com sua humanidade nobre
e divindade medíocre
riso fácil e choro torrencial
- Abram espaço no picadeiro!
Lá vem nosso espelho amplificado!
Oh, sad clwon faça-me sorrir!

Nenhum comentário: