12 janeiro 2011

p.o.r.t.a.n.t.o.

o que parecia um sonho
hoje não passa de um milímetro

mais um encanto
mais um portanto
mais
é preciso mais
pra deixar de parecer
para sempre poder passar
sem tantos por enquanto
sem aquele entretanto

Aquilo que outrora fora sonho
Vive, hoje, imerso... in memoriam

2 comentários:

Vana - MIG disse...

Décio,

Ler suas poesias e perceber como é profundo o seu estar no mundo...intenso e leve...é belo!

Você é daqueles que sabe cativar, tendo o dom da palavra.

Um grande beijo

ou Alívio? disse...

Obrigado pelas palavras. Espero que continue lendo e gostando. Beijo